Veja o novo episódio do #PergnteProAPO



27.8.14

Howl-O-Screm 2014

O halloween do Busch Gardens está de volta! Para quem tem coragem, a festa começa no final de setembro. Serão 18 noites de terror em todos os cantos do parque. Estreando no final de semana dos dias 26 e 27 de setembro e depois acontece de quinta a sábado a partir de 2 de outubro até 1º de novembro, incluindo o dia 19 de outubro (domingo). A programação começa às 19h30 até 1h.
Além dos personagens típicos de Halloween, que andam assustando pelo parque, há também uma nova casa mal-assombrada e uma atração inédita que testará as habilidades daqueles que se disponibilizarem. A Falcon's Fury, uma das atrações mais emocionantes da América, também promete fazer parte da programação de Halloween.



Esse ano teremos algumas casas novas:

Dead Fall (nova!)- Fantasmas aparecem no presente e não pretendem passar despercebidos, ficando à espreita de um jardim vitoriano para assustar os visitantes.

Slash Mobs(nova!) - As calçadas estarão lotadas de personagens sombrios com a intenção de assustar, ao longo dos 300 hectares de parque.

Cursed Front Gate Experience  (nova!) - Depois de passar pelos portões do Howl-O-Scream, sons assustadores sairão constantemente das antigas caixas de músicas, continuando até o final da noite por todo o parque.

Zombie Containment Unit  (nova!) - três anos após a invasão dos mortos-vivos, houve uma falha na contenção do Z.C.U.15. e os zumbis fugiram em busca de carne - e você será o próximo alvo! Munidos de apenas um Z.E.D (Dispositivo de Exterminação de Zumbi), só depende de você impedir o avanço dos zumbis durante essa experiência de caça aos mortos-vivos.

E outras que já conhecemos:

Death Water Bayou - No fundo do pântano, a Voodoo Queen (Rainha do voodoo) transforma, com magia negra, misticamente viajantes perdidos em criados do demônio. Seus servos vagam como zumbis em busca de novas vítimas. Os piores demônios se escondem nas sombras.


The BASEMENT - O ingrediente secreto de Momma e a farinha de ossos de Granny renderam prêmios às receitas de Momma's Meat, feitas no porão, em família. Escape das profundezas do porão antes que ela e o açougueiro transformem você em um molho secreto! Ela sempre diz que os ingredientes são sangue, suor e lágrimas.


Circus of Superstition - Você tentou escapar a vida toda de gatos pretos cruzando seu caminho, mas todos esses anos de azar te pegaram de jeito! Para sobreviver e escapar dessa dimensão medonha do Circus of Superstition será necessário mais do que apenas sorte.

Blood Asylum - Quando os relâmpagos e trovões tomam conta do céu, "A Criatura" escapará de um hospício de segurança-máxima só para criminosos loucos. Agora, esse sádico anormal está à solta, atacando seus ex-colegas de cela e transformando o hospital em sua própria câmara de tortura. O playground sangrento deste serial killer vai enlouquecer de medo todos os visitantes do parque.

Zombie Mortuary
- Ninguém consegue se lembrar de como foi o início da epidemia, mas agora, os zumbis já se espalharam ao longo desta pequena cidade e se alimentam, em sua fome insaciável, de carne fresca e cérebros dos mortos. Quem não evitar os zumbis poderá acabar em uma cova a sete palmos do chão. 


The Experiment - Nessa experiência, os visitantes se tornam o "objeto de teste" e os pesquisadores os desafiam a medir sua tolerância ao medo e resistência mental. O experimento testa a capacidade psicológica dos participantes ao encarar elementos como baratas, cobras, agulhas e escuridão. Você sobreviveria ao The Experiment?

Depois de ir nas atrações super radicais durante o dia, podemos continuar no parque para aproveitar a noite! Tem opções de dança e as lojinhas com produtos especiais do evento.

Fiends - O Dr. Freakenstein e suas enfermeiras irão infectar você com o vírus da dança que não o deixará parar de se mexer durante essa insana festa.

Club Cursed - Deixe-se festejar na boate do Howl-O-Scream 2014 com poções como "Cursed", "Contained" e "Possessed", além de cervejas e um serviço completo para manter a energia durante a noite inteira com DJ e música sem parar.

Howl-O-Scream Shop of Horrors - Encontre por lá vestuário e camisetas do Howl-O-Scream.

Lebrando que esse evento é voltado para os adultos, já que as emoções são fortes!

Iai? As montanhas-russas eu encaro, já o Howl-O-Scream, não sei não....


20.8.14

Novo Habitat para Orcas

As orcas do SeaWorld já deram o que falar, volta e meia aparecem relatos de que não é saudável para elas ficarem em cativeiro, que o SeaWorld se aproveita delas, etc, etc... claro que não é bom para nenhum animal viver preso. Mas o Sea World é mais do que apenas um parque de diversões, eles tem projetos de resgate e reabilitação de animais marinhos, e muitos dos bichinhos que vemos nos aquários estão em reabilitação. Ou estarão livres em breve, ou sofreram algum dano muito grave do qual não conseguirão de reabilitar e por isso seriam uma presa fácil em seu habitat natural. Ou até mesmo já nasceram em cativeiro e não aprenderam a viver livremente. 

Além de ajudar os animais a se reabilitarem, eles também nos ajudam, já que também aprendemos bastante com eles. Os pesquisadores podem obesrvar como eles vivem, suas reações e sentimentos.

Para melhorar a qualidade de vida das orcas, o Sea World anunciou um projeto enorme! Irá construir um ambiente novo para as orcas e também financiar novos projetos de pesquisa e conservação do oceano e das baleias da natureza. A companhia se comprometeu a investir 10 milhões de dólares em pesquisas sobre as orcas.


Segue o que a empresa divulgou sobre esse novo super habitat!

Transformação das novas instalações

O primeiro dos novos habitats será construído no SeaWorld San Diego e terá um volume total de 38 milhões de litros de água - quase o dobro do atual. Com uma profundidade de 16 metros, superfície com área de seis mil metros quadrados e medindo mais 106 metros de comprimento, a nova instalação também proporcionará uma visão de mais de 12 metros de altura, tornando-se a maior área para observação subaquática de orcas do mundo.

Nomeado como Projeto "Blue World" (Mundo Azul) devido ao seu tamanho e alcance, o novo ambiente permitirá uma maior interação com os especialistas do SeaWorld por meio de novas experiências enriquecedoras e outros programas colaborativos. Essa nova instalação aumentará o aprendizado dos visitantes, promoverá um conhecimento mais profundo sobre as baleias e seu ambiente no oceano e os inspirará a celebrar e conservar a natureza.

"Por meio de encontros próximos e pessoais, o novo habitat transformará a experiência dos visitantes com as orcas", disse Atchison. "Nossos visitantes poderão caminhar ao lado das baleias como se estivessem na costa do mar, vê-las interagir como nas profundezas do oceano ou ter uma visão panorâmica desde a superfície".
Expandindo o legado de design de ambientes do SeaWorld, as novas instalações proporcionarão às baleias experiências ainda mais dinâmicas. O novo habitat incentivará a grande variedade de comportamentos das orcas e oferecerá escolhas que as desafiarão física e mentalmente. Entre outras ações, está prevista a construção de uma "corrente de águas rápidas", que fará com que elas nadem contra o fluxo da água, o que ajuda a desenvolver a agilidade e variedade de seus movimentos. O investimento na área de reprodução e cuidados animais permitirá aos profissionais do SeaWorld e aos cientistas independentes um acesso único às orcas, gerando um melhor entendimento e cuidado tanto com os animais do parque quanto com os que estão na natureza.

Espera-se que as novas instalações de San Diego sejam abertas ao público em 2018, seguindo para o SeaWorld Orlando e SeaWorld San Antonio.


Pesquisa sobre as orcas

Como parte do projeto Blue World, o SeaWorld comprometeu 10 milhões de dólares em recursos financeiros voltados para as ameaças às baleias que estão na natureza, especialmente as que forem identificadas pela Administração Nacional de Atmosfera e Oceano (National Oceanic and Atmospheric Administration) como relacionadas à população Residente do Sul (Southern Resident Killer Whale) - ameaçada de extinção. Isso engloba novos projetos já financiados nesse ano: um que ajudará a compreender o alcance da audição das baleias e outro que fornecerá informações sobre a nutrição e reprodução das Orcas Residentes do Sul. Esse investimento será feito adicionalmente às pesquisas conduzidas pelos cientistas do SeaWorld, que inclui aproximadamente 50 estudos em andamento.

Reconhecendo que a saúde dos oceanos é uma preocupação constante para as baleias e para todos os mamíferos marinhos da natureza, a companhia também anuncia que ingressará em uma grande parceria multimilionária em prol da proteção dos oceanos. Mais detalhes sobre essa parceria serão divulgados nas próximas semanas.

Comitê Consultivo

O SeaWorld também organizará um Comitê Consultivo com o objetivo de trazer novas ideias e perspectivas ao projeto. O comitê irá concentrar-se na criação de um ambiente que maximize a saúde e o bem-estar dos animais. Dada a expertise particular dos membros atuais e daqueles que ainda se juntarão, o comitê também aconselhará projetos de pesquisas integradas que poderão ser conduzidas dentro das novas instalações e promoverá parcerias científicas com comunidades acadêmicas que trabalham na natureza.

Os membros atuais do comitê incluem:
• Dr. Paul Boyle, Vice-presidente Sênior de Conservação e Educação da Associação de Zoológicos e Aquários.
• Dr. Dorian Houser, Diretor de Conservação e Pesquisa Biológica da Fundação Nacional de Mamíferos Marinhos.
• Dr. Linda Lowenstein, Professora emérita de Patologia, Microbiologia e Imunologia da Universidade da Califórnia, Escola Davis de Medicina Veterinária.
• Dr. Shawn Noren, Cientista Pesquisador do Instituto de Ciência Marinha da Universidade da Califórnia em Santa Cruz.
• Sr. Tom Otten, Diretor Executivo do Reef Experience.
• Dr. James F. Peddie, Doutor em Medicina Veterinária, Especialista em Gerenciamento de Programas de Treinamento de Animais Exóticos, Faculdade de Moorpark.
• Dr. Paul Ponganis, Pesquisador Fisiológico do Instituto Scripps de Oceanografia.
• Dr. Kwane Stewart, Chefe de Serviços Veterinários e Diretor Nacional, Unidade de Cinema e Televisão, Associação Humano Americana.
• Dr. Pam Yochem, Cientista Pesquisador e Vice-presidente Executivo, Instituto de Pesquisa Hubbs SeaWorld.

"Após o anúncio que o SeaWorld fez hoje, eu fiquei com grandes expectativas e tenho certeza de que essas iniciativas melhorarão a experiência das orcas que estão nos parques e das que estão na natureza", afirmou o presidente da Assembleia da Califórnia, Toni G. Atkins. "A decisão do SeaWorld em comprometer-se com um comitê científico independente é um sinal tranquilizador para a saúde e bem-estar dessas criaturas maravilhosas. Dada a liderança da região de San Diego em ciências biológicas, eu realmente espero que as orcas e outras espécies de baleias se beneficiem diretamente das pesquisas e avanços que virão como resultado dessas parcerias acadêmicas e científicas que o SeaWorld está incentivando sobre o habitat das baleias a saúde dos oceanos" complementa.

"Como tantos outros na ciência e na indústria, estamos constantemente aprendendo sobre como podemos evoluir o nosso conhecimento e continuar a aprender mais sobre esses animais incríveis para ajudar os que estão na natureza", disse Atchison. "Estamos ansiosos para trabalhar com esses especialistas, desenvolvendo estudos para atingir o nosso objetivo de aumentar o conhecimento sobre as orcas e os esforços globais em prol da proteção dos animais na natureza".

Quero que fique pronto logo!!

18.8.14

Matéria sobre o Aquatica

A apresentadora e atriz Natália Guimarães esteve na Flórida (EUA) no último mês para gravar uma série de reportagens especiais nos parques do grupo SeaWorld Parks & Entertainment para o programa Hoje em Dia, da Record.




As reportagens foram ao ar em dias diferentes, mas eles colocaram no site da emissora. Para quem quer conhecer um pouquinho mais sobre os parques, vale a pena assistir as reportagens.

Tentei colocar aqui os vídeos, mas não sei porque não saiu, enfim...é só clicar no link que j'a vai abrir na página.

O primeiro foi no Discovery Cove, com o nado com os golfinhos e um pouco mais sobre o parque: aqui o link



Depois veio o Sea World, com as montanhas-russas, os shows e os animais. Claro que ela fez um bucado de coisas que agente não pode, como interegir com alguns animais, mas mesmo assim ta valendo. Para quem ainda não decidiu quais parques visitar ou só quer matar um pouquinho da saudade! Aqui o link


E por fim, o Busch Gardens, com suas montanhas russas super radicais e um pouco sobre o lado zoológico. E também sobre o Aquatica, com sua nova atração Ihu's Breackaway Falls e as outras atrações do parque - que por sinal eu adoro! Aqui o link


Não sei o que é pior, ver os vídeos pra matar a saudade, ou ver os filmes e ficar com ainda mais saudade!!



12.8.14

Assistência ou Seguro de Viagem?

Um dos últimos itens que pensamos na hora da viagem é a assistência de viagem. Provavelmente é a última coisa que adquirimos, ou até mesmo não adquirimos! Muitos clientes me dizem que o cartão de crédito já tem o seguro, que é gratuito, então não querem ter mais esse gasto.

Realmente alguns cartões de crédito possuem o seguro de viagem, o que muitos de vocês não devem saber, é que existe uma grande diferença entre o seguro de viagem e a assistência de viagem! 



O seguro, como o próprio nome já diz, é um seguro. Como o do seu carro, por exemplo. No caso dos cartões de crédito, o seguro é de graça, porém temos que pagar a franquia. Isso mesmo, na maioria dos cartões, quando precisamos utilizar o seguro, se sentirmos alguma coisa, ligamos para o call center deles (onde normalmente temos que apertar milhões de opções no menu até chegarmos aos seguro) e então acionamos esse seguro, que irá gerar uma franquia, que costuma ser por volta de US$70. Mesmo que depois a gente acabe não utilizando de fato o seguro, pelo fato de termos ligado e acionado, já pagamos a franquia.

Mas continuando, nos sentimos mal, ligamos para o call center, então eles irão liberar um limite mais alto no cartão (esse valor depende do seguro, pode ser US$50.000, US$200.000, enfim...) e então você deverá ir em alguma clínica ou hospital, ser atendido e ficar com as notas fiscais para enviar para a administradora do cartão quando retornar ao Brasil. Se não souber qual a clínica mais próxima, deve ir para a opção de concierge do call center, onde eles poderão te indicar a mais próxima.



Vale lembrar que se você for em um clínica, sem ter ligado para o cartão antes, e depois enviar as notas ficais, eles não irão reembolsar. Antes de qualquer atendimento, tem que ligar para o cartão para acionar o seguro.

Mas sim, e a assistência de viagem?

Na assistência pagamos um valor aqui no Brasil, que varia de acordo com os limites que você escolher. Geralmente o que muda de uma opção mais barata para outra mais cara não é o que cobre e sim o valor de cobertura. Por exemplo, em uma mais barata, você pode ter a cobertura de US$30.000 por evento, enquanto que uma mais cara, te da a cobertura de US$50.000, US$200.00 ou o valor que você achar seguro. Ou seja, cada vez que você for ao hospital ou clínica, terá esse montante para gastar. Se você contratou o valor de US$30.000 e a conta do hospital ficou em US$32.000, você terá que arcar com os US$2.000 - nesse ponto, é semelhante ao seguro.

Vamos as diferenças. Na assistência, se você sente alguma coisa, passou mal, etc, liga para a central da empresa que você escolheu e eles te enviam um médico.Você não precisa ir a lugar nenhum, o médico te atende em seu hotel. Se for um caso mais grave, e o médico achar que deve ser encaminhado para um hospital, ele te encaminhará para o hospital conveniado, estando lá, basta mostrar o número da apólice e o hospital entrará em contato com a assistência. Não é necessário pegar nenhuma nota fiscal nesses casos, nem pedir reembolso.

Caso não seja nada muito grave e o médico que te atendeu no hotel te receitar um medicamento, aí sim, você deve comprar o remédio, guardar a receita e a nota fiscal para solicitar o reembolso do medicamento quando retornar ao Brasil ou de lá mesmo. Diferente dos seguros, que geralmente não reembolsam remédios, apenas as emergências.

Saindo um pouquinho de Orlando, se vocês viajarem para uma cidade muito pequena que não tenha nenhum médico credenciado, a assistência já te encaminha para uma clínica específica, e se eles não tiverem nenhuma clínica nem hospital credenciado, você pode ir em qualquer um, que eles irão cobrir de qualquer forma. Mesmo que vocês estejam em uma cidade com hospitais credenciados, mas em uma emergência acabem entrando em qualquer hospital, sem ligar para a central da assistência antes, eles cobrem da mesma forma.

Acho que consegui explicar um pouquinho as diferenças. Tudo bem que é um valor que gastamos torcendo para que seja em vão. Mas no caso de uma emergência, é sempre bom ter a comodidade e a segurança de que iremos ser tratados, sem nos preocupar com nada depois de atendidos.

Ainda mais quando vamos para Orlando, onde muita gente costuma pegar uma gripe, ter dor de garganta ou passar mal por causa da comida, sem falar no verão, que ficamos passando do calor para o ar-condicionado toda hora. São doenças leves, mas que é bom ter um acompanhamento médico para nos indicar qual o melhor remédio e ficarmos bom logo para aproveitar bem Orlando! Ninguém merece ter que ficar de molho enquanto o resto da turma vai se divertir nos parques.



Se tiverem qualquer dúvida, podem deixar nos comentários, e claro, se quiserem um orçamento para a assistência de viagem de vocês, basta enviar uma mensagem com as datas exatas da viagem que nossa agência te encaminhará algumas opções.


11.8.14

Aplicativo Universal


Finalmente a Universal lançou um aplicativo para nos ajudar a encontrar filas menores! O The Official Universal Orlando Resort App é bem parecido com o My Disney Experience - não é tão completo, mas já ajuda bastante!.




 A descrição do aplicativo diz:
 Coloque tudo o que você precisa saber sobre suas férias na palma de sua mão. Faça o download do novo aplicativo Official Universal Orlando Resort. É gratuito!

 É uma forma fácil de:
- Checar as atrações, shows e o tempo de espera quando estamos dentro do parque.
- Explore os parques usando o mapa detalhado e navegação por foto com a opção "Guide Me".
- Customize sua experiência no parque usando listas filtradas e o mapa para planejar seu dia.
- Crie sua própria lista de favoritos.
- Compartilhe sua experiência no Universal Orlando Resort no Facebook e Twitter.
- Fique atualizado com as notificações do parque.
- Descubra surpresas escondidas ao longo dos parques.
- Ajuste o alerta para os horários dos shows e das filas de espera.

Nota: Os horários das filas das atrações e a opção "Guide Me" s'estão disponíveis quando o visitante está no Universal Orlando Resort.


Ou seja, como ele podemos navegar pelo mapa de todo o resort, ver as atrações, restaurantes, shows e pontos de interesse, não só dos parques, mas também dos hotéis e de City Walk.

Clicando em cada atração, podemos ver os detalhes, como a descrição da atração, limites de altura, acessibilidade, se há disponibilidade do Express Pass, Single Raider e Child Swap. Mas somente quando entramos nos resort, aí sim conseguimos ver o tempo de espera das filas de cada atração e até programar um alarme para o aplicativo nos avisar quando alguma atração específica estiver com a fila pequena.

Clicando um uma atração específica, também podemos selecionar a opção de Guide Me para nos motrar como chegamos até ela, do local onde estamos.


Como Navegar: Enquanto você explora o Universal Orlando Resort, você pode usar o menu lateral para explorar os parques temáticos e suas propriedades.

Navegando pelo Mapa: Quando você precisar, você pode ver o mapa do Universal Orlando Resort para encontrar as atrações, shows, restaurantes e outros pontos de interesse ao longo do parque.



Aprenda os Detalhes: Enquato vocês explora, cada atração tem uma seção onde você pode encontrar informações importantes, como a descrição, altura permitida, detalhes de acessibilidade e a localização.

Veja o Tempo de Espera: Quando estiver no Universal Orlando Resort, você poderá ver o tempo de espera de suas atrações e os horários dos shows preferidos.


Me Guie: Enquanto explora o parque, navegue com as direções para todas as atrações apenas clicando no botão Guide Me.

Anda não tive a oportunidade de experimentar esse aplicativo dentro dos parques da Universal, mas acho que vai ajudar bastante sim! Não vejo a hora de tentar!!




10.8.14

O Verdadeiro Príncipe Encantando

Para comemorar o dia dos pais, a Disney lançou um vídeo lindo!

Quem já viajou com os filhos pequenos, com certeza vai se identificas com o vídeo, e quem ainda não viajou, com certeza vai se emocionar também!