Veja o novo episódio do #PergnteProAPO



10.6.13

Item por Item

Para quem está pensando em viajar para Orlando e não sabe por onde começar o planejamento ou mesmo a preparação da viagem, vou fazer um check list para organizar os itens.


Primeiro de tudo, o passaporte. Hoje em dia é bem fácil e rápido tirar o passaporte, mas não podemos deixar para última hora, jamais! Então, enquanto ainda estão decidindo a época da viagem, já peçam o passaporte. 
Quem já tem é bom checara validade. Para entrar nos EUA tem que ter um passaporte com pelo menos 6 meses de validade.

Depois do passaporte, é hora do visto. Com o passaporte em mãos, acessem o site do visto americano para marcarem as entrevistas e preencher os formulários. É necessário o número do passaporte para solicitar o visto, por isso é necessário estar com o passaporte em mãos. Lembrem que a cada novo passaporte, o número muda também.


Com o passaporte e visto OK, já podemos definir a data de nossa viagem e procurar as passagens.
 
Definam qual época vocês gostariam de ir e quantos dias vocês querem ficar por lá. Com isso definido, começamos a procurar as passagens. É bom ter um período um pouco flexível, para poder aproveitar algum preço promocional que possa surgir. Por exemplo: decidi que quero passar o dia das crianças em Orlando e posso ficar até 15 dias, dependendo do valor das passagens, posso ir no dia primeiro de outubro e voltar no dia 14, assim como ir no dia 10 e voltar dia 25, ou qualquer período entre essas datas. (Normalmente as passagens são mais baratas voando na quarta e quinta.)

Comprei minhas passagens, já sei quando e que horas eu chego lá e volto. Vamos agora procurar o hotel! Vejam os valores, pesquisem em sites como o Decolar.com ou o Mundi (aqui do lado direito) e também no site do próprio hotel. Dependendo de onde a reserva seja feita, o pagamento poderá ser debitado do cartão na hora, pode dividir (apenas em sites brasileiros) ou então o pagamento será feito apenas ao fim da estadia.

Se estiver faltando alguns meses para a viagem, é bom ir comprando os ingressos dos parques. Lá nos EUA não existe isso de dividir a compra no cartão de crédito. Tudo lá é a vista. Mas para não pesar tanto no orçamento mensal, podemos ir comprando os ingressos de cada parque em um mês diferente. Em um mês compramos os da Disney, no próximo mês compramos os da Universal, depois Sea World e Busch Gardens, etc. Dessa forma, dividimos o custo ao longo dos meses. E a validade dos ingressos só começa a contar a partir da data da primeira utilização.

Já temos as passagens, o hotel, os ingressos, falta o carro. Nunca tive problema e nem ouvi falar de alguém que não conseguiu alugar carro porque havia esgotado, então esse pode ser um dos últimos itens a serem resolvidos. Mas é bom já sair daqui com a reserva pronta, para não ter nenhuma dor de cabeça no aeroporto.

Outro item muito importante são os dólares! Eu indico ir comprando os dólares aos poucos, para evitar essa oscilação. Se o dólar estiver com um valor bem baixo, pode aproveitar para comprar tudo de uma vez. Ou então, dependendo do seu banco, pode ser que tenha um desconto quando o valor da compra é alto.  Então veja essas possibilidades e faça da forma que ficar melhor para você e seu orçamento.

Planejando a viagem com antecedência podemos pagá-la também com antecedência, de forma que no dia da viagem, só teremos que nos preocupar com o dinheiro que gastaremos lá, com compras e alimentação.

Ah! Se for viajar com menor de idade, sem um dos responsáveis, não esqueçam da autorização de viagem.

Para a viagem ficar ainda mais tranquila, vocês ainda podem contratar nosso serviço de planejamento diário. Vamos dizer qual o melhor dia para ir em cada parque, os lugares de compras, endereços, cupons de descontos, indicação de restaurantes e o que vocês precisarem!

Depois é só relaxar e aproveitar a viagem!


Nenhum comentário: